Tags

, , , ,

Hoje conheci um cara chamado Gustavo Liuzzi. Ele é artista plástico. Faz trabalhos bacanérrimos. Perguntei sobre a sua formação. Ele só me disse que começou a desenhar desde pequeno, nunca deu bola para a escola, não fez cursos. Aprendeu sozinho. Aprendeu na internet. Hoje, ele está bem. Seus trabalhos estão espalhados por aí.  Fiquei pensando, será que a escola não poderia ter tido um papel diferente em sua vida? Para quem quiser conhecer o trabalho dele, segue link:

http://www.flickr.com/photos/gustavoliuzzi

 Acabamos por pensar nos alunos com muitas dificuldades e esquecemos que todos os alunos são prejudicados quando a escola  reduz as nossas imensas capacidades de aprender em trabalhar apenas habilidades para ler e escrever. E sempre da mesma forma, de maneira massificada. No fim das contas, a discussão sempre retorna para a modificação do funcionamento da escola. Acho que aqui seria legal se conseguíssemos pontuar o que diferente já estamos presenciando nas escolas. Quem começa?

Anúncios